Preto Amaral

Nome: José Augusto do Amaral
Apelido: Preto Amaral
Data de Nascimento: 1871
Data de Morte: 12 de julho de 1927, vítima de tuberculose
Primeira Vítima: Seu primeiro crime possívelmente aconteceu em 5 de Dezembro de 1926. Antônio Sanchez, de apenas 27 anos, foi encontrado morto próximo do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo. Depois de matar Antônio, Preto Amaral fez sexo com a vítima e fugiu logo em seguida.
Número de Vítimas: 3 vítimas foram assassinadas por Preto Amaral, além de outras que ele tentou mas não conseguiu matar.
Pena: Nunca chegou a ser julgado
Bio: Preto Amaral nasceu em 1871 no Estado de Minas Gerais. Filho de escravos do Congo e de Moçambique, foi beneficiado com a Lei Aurea quando tinha apenas 17 anos. Como era dificil encontrar emprego, entrou para o exército, servindo em pelo menos 6 Estados. Certa vez, foi desertado e precisou responder ao conselho de guerra, que condenou Preto Amaral com 7 meses de prisão. Depois de servir à pátria e cumprir a pena imposta pela mesma, Preto, já com 55 anos, cometeu o seu primeiro crime. Ainda no ano de 1926, na véspera de Natal, abordou um garoto de 12 anos, levou para o mesmo Campo de Marte onde foi estrangulado e estrupado. No primeiro dia do ano seguinte, assassinou Antônio Lemes, de apenas 15 anos. Depois desses três assassinatos, Preto Amaral tentou assassinar uma nova vítimas, mas esta conseguiu fugir e denunciar seu agressor à polícia, que o prendeu e em seguida, foi torturado pela polícia até que confessou seus crimes. Na época, ele era conhecido como "O mostro negro" e "O diabo preto" por toda a cidade de São Paulo. Após uma consulta com uma psiquiatra, ele revelou que fazia sexo com suas vítimas, pois nenhuma mulher tinha relações sexuais com ele, devido ao tamanho de seu órgão genital, que segundo ele "nunca parou de crescer por causa de uma macumba feita quando ainda era criança". Toda a população da cidade queria que ele fosse linchado, mas não teve tempo para isso, já que Preto Amaral morreu de tuberculose em 12 de julho de 1927. É considerado o primeiro assassino em série brasileiro.

Para os fãs de teatro, saibam que chegou a ser realizada uma peça teatral chamada Os crimes de Preto Amaral, onde contava a história do primeiro serial killer de nosso país.

2 Comentários

  1. ERROS:
    psquiatra ( psiquatra )
    tuberculosa ( tuberculose )

    só 2

    ResponderExcluir
  2. Valeo por indicar os erros. Já arrumei.

    ResponderExcluir