Foto - Informações: Daniela Primera/AP - G1
Uma explosão no início de sábado (25) na maior refinaria da Venezuela deixou pelo menos 26 pessoas mortas e mais de 80 pessoas feridas, que foram internadas com queimaduras leves em hospitais da região. A explosão teria acontecido devido a um vazamento de gás.
Situada na península de Paraguaná, estado de Lara, norte da Venezuela, a refinaria de Amuay registrou a explosão por volta de 1h10, horário local.  A explosão provocou incêndios em dois tanques da refinaria e em áreas próximas. A onda explosiva foi tão intensa que causou danos na infraestrutura e em imóveis próximos ao local, mas o fogo foi controlado ainda nas primeiras horas após o incidente.
A governadora do estado de Lara, Stella Luga, declarou que está “colocando todo o nosso Corpo de Bombeiros, toda nossa equipe de saúde e um plano de contingência inteiro sob as ordens de Hugo Chávez para os cuidados das pessoas afetadas por esta emergência”.
Sobre a explosão, o ministro da Energia, Rafael Ramírez, explicou: “Foi uma explosão na área de armazenamento, produto de um vazamento de gás que, pelas condições climáticas que reinavam, ficou acumulado na área e, diante de uma fonte de ignição. Vamos investigar a origem disso, mas não podemos adiantar nenhuma hipótese. Agora, o que estamos fazendo é enfrentar a situação, atendendo aos feridos, retirando os escombros”.
O presidente venezuelano, Hugo Chávez, decretou três dias de luto oficial e pediu calma para a população, que não precisa mais se preocupar com possíveis novas explosões.
A refinaria de Amuay é a maior do país e produz cerca de 955 mil barris por dia. Sendo controlada por uma empresa estatal que tem sofrido problemas nos últimos anos, a refinaria não corre risco de paralização em sua produção. Segundo o ministro da Energia, a refinaria pode voltar ao funcionamento em pelo menos dois dias, por isso a população não precisa se preocupar e exagerar nas comprar de combustível. Já o Ministério Público do país iniciou investigação para determinar as causas dessa explosão.