Em uma semana de poucas estreias, o grande destaque é o longa-metragem de ficção científica intitulado Looper – Assassinos do Futuro, a terceira parceria do diretor Rian Johnson e do ator Joseph Gordon-Levitt. Protagonizado por Daniel de Oliveira, o filme Boca representa o cinema nacional, enquanto Vida Útil representa a indústria uruguaia/espanhola. Conheça um pouco de cada estreia:

Boca (Destaque)
Título Original: -
País: Brasil
Direção: Flavio Frederico
Gênero: Ação / Drama
Sinopse:
Inspirado na autobiografia de Hiroto de Moraes Joanide (interpretado por Daniel de Oliveira), o filme é ambientalizado na Boca do Lixo, zona de prostituição em São Paulo durante os anos 50 e 60. Hiroto é um homem de família nobre que frequenta a região em busca de prazer, até que algo muda completamente em sua vida. Seu pai é assassinado e ele se torna o principal suspeito. Hiroto então entra na vida do crime e se muda para a Boca.



Looper – Assassinos do Futuro (Destaque)
Título Original: Looper
País: China e EUA
Direção: Rian Johnson
Gênero: Ficção Científica / Ação
Sinopse:
Kansas City, 2044. Viagens no tempo são uma realidade, mas estão apenas disponíveis no mercado negro. Seu principal cliente é a máfia, que costuma enviar ao passado pessoas que deseja que sejam eliminadas, já que é bastante complicado se livrar dos corpos no futuro. Os responsáveis por estes assassinatos são os loopers, organização a qual Joe (Joseph Gordon-Levitt) faz parte. Um dia, ao realizar mais um serviço corriqueiro, ele descobre que seu alvo é a versão mais velha de si mesmo (Bruce Willis), trazida em viagem no tempo por ter se tornado uma séria ameaça à máfia no futuro.

Vida Útil
Título Original: La vida útil
País: Espanha e Uruguai
Direção: Federico Veiroj
Gênero: Drama
Sinopse:
Jorge (Jorge Jellinek) tem 45 anos, mora com os pais e trabalha há 25 anos na Cinemateca de Montevidéu, onde elabora a programação de filmes, presta suporte técnico e apresenta um programa sobre cinema em uma estação de rádio. Sua vida se resume ao trabalho e à família, sendo que ele jamais trabalhou em outro lugar. Até que, um dia, ele é demitido quando a Cinemateca é obrigada a fechar as portas. Sem saber o que fazer, ele precisa encontrar um meio de encontrar utilidade para sua própria vida.