Ao escrever um livro os escritores possuem uma diversidade de desejos: ser lido e compreendido; mudar a vida de um leitor; apenas colocar no papel o que nasce em sua mente; ou ainda conquistar prêmios literários, que de alguma forma consagram a conclusão de um trabalho. No entanto muitas obras premiadas agradam aos críticos e não obtém o mesmo sucesso entre o público, o que causa inúmeras polêmicas. Com o intuito de mudar essa situação que o grupo Ponto do Autor, fundado por Roberto Laaf, criou o Prêmio Literário Codex de Ouro.
Diferente do Prêmio Jabuti, o mais importante prêmio literário do país, o público é o grande responsável pela escolha dos títulos indicados e posteriormente premiados com o Codex de Ouro. Para que isso aconteça, os organizadores buscam na internet o que os leitores estão dizendo sobre os livros, indicando assim os principais nomes em cada uma das categorias.
Em sua primeira edição, realizada em novembro de 2011, o Codex de Ouro tinha como indicados escritores iniciantes, como Adriana Brazil, que na oportunidade acabara de lançar seu primeiro livro, e autores consagrados, como Lya Luft, Paulo Coelho e Eduardo Spohr. Em uma cerimônia de gala, escritores e outros profissionais da área foram premiados em dezessete categorias.
Após uma preparação de pouco mais de um ano, o Ponto do Autor iniciou na noite de sábado, 27, a campanha de divulgação da segunda edição do evento, que deve acontecer no penúltimo sábado de novembro. Com a realização de um coquetel no Salão Espaço Gourmet, na Barra da Tijuca, o grupo recebeu escritores, patrocinadores e outros convidados, que acompanharam a divulgação das 42 obras lançadas entre 2010 e 2011 e que foram indicadas em sete categorias.
Com transmissão ao vivo via webcast, o ponto alto do coquetel ocorreu por volta das 20h30, quando o escritor Roberto Laaf, um dos responsáveis pela apresentação do evento, revelou sua vontade de ampliar as atividades do Ponto do Autor, incentivando a cultura brasileira não apenas no meio literário.
Na sequência, alguns dos convidados foram chamados para a apresentação dos indicados. Bianca Carvalho, que atualmente trabalha na organização do CLEC 2012 (Concurso Literário do Escritor Contemporâneo), foi a responsável por anunciar os indicados na categoria Antologias, que em 2013 inclui antologias em conjunto e individuais. Entre os indicados, três obras foram lançadas pela Andross Editora: Jogos Criminais, Moedas para o Barqueiro 2 e  O Segredo da Crisálida, organizadas por Sérgio Pereira Couto, Cristiana Gimenes e Andréa Catrópa, respectivamente.
Dessa vez o escritor André Vianco, indicado na primeira edição na categoria Autor, teve uma de suas obras, O Caso Laura, indicada na categoria Sobrenatural. Vianco concorre ao prêmio com as escritoras parceiras Mallerey Cálgara e Josy Tortaro, indicadas com as obras Anjo Negro, com publicação em Portugal prevista para julho, e Marcada a Fogo, primeiro volume da saga Os Quatro Elementos. Na mesma categoria Larissa Siriani, também indicada na primeira edição, concorre com As Bruxas de Oxford, livro recentemente relançado pela editora Literata. Renata Ventura com A Arma Escarlate e Simone O. Marques com Agridoce concorrem na mesma categoria.
Em postagem feita em seu site, a escritora Josy Tortaro, também conhecida como Josy Stoque, disse sentir que seu “trabalho tem um propósito e que alcançou seu intento”. Pela página de seu livro no Facebook, Larissa Siriani revelou que “não poderia estar mais feliz nem mais orgulhosa”. Já Mallerey Cálgara revelou ter sido “com grande surpresa e alegria” que recebeu a notícia de sua indicação.
Indicada na categoria Fantasia com o livro As Crônicas da Terra do Lago, a também parceira Iracy Araújo concorre ao Codex de Ouro ao lado de Eduardo Spohr e Raphael Dracon, além das escritoras Roberta Spindler e Oriana Comesanha, autoras de Contos de Meigan, um dos maiores sucessos já publicados pela editora Dracaena. Na mesma categoria, Luiza Salazar e Fábio Guolo também foram indicados.
Por fim, o parceiro Maurício Gomyde teve seu livro Ainda Não Te Disse Nada indicado na categoria Romance. Ainda Não Te Disse Nada, um dos melhores livros publicados em 2011 e que em breve será lançado por uma editora inglesa, foi indicado na mesma categoria de Estação Jugular: Uma Estrada para Van Gogh, obra de Allan Pitz, também indicada na categoria Suspense. Além de Allan Pitz, a autora Lycia Barros também foi indicada em duas categorias: Juvenil e Romance. As já consagradas escritoras Paula Pimenta e Thalita Rebouças foram indicadas ao Codex de Ouro na categoria Juvenil.
Foto: Novos Escritores
Após a revelação dos indicados, Roberto Laaf comentou sobre as mudanças de algumas categorias e revelou algumas novidades, como a categoria Música Literária, que deve ter os trabalhos para avaliação enviados por e-mail. O escritor também comentou sobre o portal do Ponto do Autor, que será uma espécie de guia de referência para trabalhos realizados por profissionais que atuam na área literária. Laaf comentou ainda sobre o Orbe de Cristal, segundo prêmio idealizado pelo Ponto do Autor, que terá menos categorias e dará a chance para que os próprios autores escolham aqueles nomes que merecem uma premiação.
Com a conclusão das indicações ao II Codex de Ouro, considerado o Oscar da literatura brasileira, o coquetel prosseguiu para os convidados presentes ao evento realizado no Rio de Janeiro.

Confira abaixo a relação de todos os indicados nas sete categorias do Codex de Ouro 2013:

Antologia
A Batalha dos Deuses – Juliano Sasseron
Asgard: A Saga dos Nove Reinos – Sóira Celestino
Jogos Criminais – Sérgio Pereira Couto
Moedas para o Barqueiro 2 – Cristiana Gimenes
O Segredo da Crisálida – Andréa Catrópa

Chick-lit
Antes Tarde que Mais Tarde! – Liana Cupini
As Bem Resolvidas – Luís Eduardo Mata
As Confissões de Laura Lucy – Fernanda Saads
Baby, Você Me Ama – Thaty Furtado
Dividindo Mel – Íris Figueiredo
Ser Clara – Janaína Rico

Sobrenatural
A Arma Escarlate – Renata Ventura
Agridoce – Simone O. Marques
Anjo Negro – Mallerey Cálgara
As Bruxas de Oxford – Larissa Siriani
Marcada a Fogo – Josy Tortaro
O Caso Laura – André Vianco

Juvenil
De Volta à Caixa de Desejo – Ana Cristina Melo
Fala Sério, Filha! – Thalita Rebouças
Garota Apaixonada em Apuros – Carolina Estrella
Minha Vida Fora de Série – Paula Pimenta
Tortura Cor-de-Rosa – Lycia Barros

Fantasia
Bios – Luiza Salazar
Contos de Meigan – Roberta Spindler e Oriana Comesanha
Draco Saga: O Despertar – Fábio Guolo
Filhos do Éden – Eduardo Spohr

Suspense
Irresistivelmente Fatal – Márcio Scheibler
Jardim da Escuridão – Bianca Carvalho
Orgasmos Fatais – Fernanda Borges
Selva Brasil – Roberto de Sousa Causo

Romance
Ainda não Te Disse Nada – Maurício Gomyde
Para Sempre Ana – Sérgio Carmach
Senhor do Amanhã – Vanessa Bosso
Tocada – Juliana Giacobelli