Batom Vermelho, Vanessa de Cássia, 1ª edição, Praia Grande-SP: Literata, 2013, 447 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Um objeto que ultrapassou a barreira dos séculos, o batom tem um poder que não equivale ao seu tamanho, pensado para ser possível levá-lo a qualquer lugar sem muito esforço. Para as mulheres, é um adorno indispensável para embelezar os traços de um rosto feminino; para nós homens apenas mais um motivo para se encantar e desejar o sexo oposto, que se utiliza disso para um grande jogo de sedução.

Assim como todas as mulheres, Mel Folks tem no batom vermelho um grande aliado para conquistar seus maiores desejos. Uma ruiva de tirar o fôlego de qualquer homem, Mel não se prende a nada que lhe atrapalhe quando quer seduzir e também não espera um homem conquistá-la. Ela própria busca quem deseja deixar sua marca de batom.

Apesar de todos os dramas presentes em sua vida, ela sabe reconhecer a importância de uma relação sexual, por isso não quer relacionamentos sérios e longos. Mas quando Mel conhece Juan ela descobre também o verdadeiro sentido do amor e se aventura no mais delirante e intenso jogo sexual, ao mesmo tempo em que seu corpo não consegue esconder o desejo por algo proibido.

“Não quero uma paixão repentina. Quero só apenas seu desejo sobre mim. Quero ser desejada como ele faz tão perfeitamente sincero. Não quero feri-lo com meus sentimentos baratos. Quero que ele saiba disso. Não sou para amar. Sou para ser amada” (pág. 75).
Extremamente sexy, incrivelmente selvagem e irresistivelmente prazeroso, Batom Vermelho é um livro para quebrar o exagerado tabu que ainda existe em relação ao sexo e, mais do que isso, mostrar o poder de uma mulher decidida quando está em busca do prazer. E para contar uma história diferente e sem qualquer tipo de receio, Vanessa de Cássia se aproveitou do fator mais importante de um livro: o poder de uma protagonista.

Mel Folks é o tipo de personagem que gostaríamos de encontrar em todas as leituras. Diferente de muitos escritores, que insistem em criar personagens frágeis, especialmente as mulheres, Vanessa segue exatamente o caminho oposto, não deixando sua personagem se abalar nem mesmo com todas as dificuldades.

A protagonista da obra se diferencia justamente por encarar os problemas e prosseguir em busca de seus desejos, sem medo das consequências. Por sua peculiaridade, Mel se torna apaixonante para o leitor e desejável para todos os personagens masculinos, que quando próximos dessa ruiva perdem todos os sentidos e se esquecem do que a entrega a uma relação proibida pode causar.

Com toda a força da protagonista, que apenas se intensifica com seus lábios vermelhos, dá para dizer que sozinha Mel seria capaz de conduzir qualquer história, independente de seu gênero. No caso de um livro erótico isso é ainda mais perceptível. O poder dessa mulher torna Batom Vermelho um exemplo raro em seu gênero, o que também pode ser responsabilidade do casal protagonista, já que seus corpos, quentes e com desejo sem fim, se unem perfeitamente apenas com a troca de olhares.

É possível ainda enumerar os motivos que tornam esse livro diferente, mas basta dizer que em nenhum momento a história fica na mesmice que deixa a leitura cansativa. Novamente Vanessa de Cássia conseguiu levar para as páginas de seu livro exatamente o contrário, com o surgimento de situações que instigam o leitor a prosseguir para descobrir o que determinadas personagens têm em mente e como Mel Folks lidará com os obstáculos que surgem em sua vida – além do desejo incontrolável, que resulta nas melhores e incríveis cenas de sexo.

Os obstáculos narrados em primeira pessoa não fogem da realidade e as surpresas reservadas são todas agradáveis, até mesmo quando alguma coisa sai diferente do que gostaríamos em um primeiro momento. A escrita e o cuidado especial da autora com todas as cenas são aliados para uma história de amor que extrapola o limite do prazer, transformando qualquer amor proibido em algo atraente e surpreendente, onde o sexo é mais do que um mero detalhe: é o que comanda uma intensa história publicada em um livro com diagramação de beleza singular, assim como os quentes lábios de Mel Folks.

“A alma feminina pede amor, carinho, ser desejada da melhor forma possível e única. O sexo está acima disso, mas não são todas que enxergam isso, são poucas que assumem a verdade de que se importa com o sexo, colocando-o acima de muitas coisas. Não que deixem o romantismo de lado, não é isso, mas o sexo é parte de nossa vida, deveríamos respeitar mais isso, sexo é vida” (pág. 320).

9 Comentários

  1. Ai-Meu-Deus!!!!

    Que resenha mais espetacular!!! Juro, fiquei sem folego e muito emocionada com suas palavras!! É realmente gratificante receber tantos elogios e ter a sensação de dever cumprido!!
    Ai que alegria!!! *--* Estou explodindo aqui..rs

    Ricardo, mais uma vez, muito obrigada por sua atenção aos meus livros, por sempre me apoiar em todos meus trabalhos! Fico realmente honrada com tudo que vem fazendo por mim, e ainda mais sabendo que elogiou tanto meu trabalho!
    Precisamos de mais pessoas como você! Dedicado, carinhoso, atencioso, e um ótimo escritor! Fico imensamente grata!
    Sua resenha deu-me um up dos grandes!!

    Obrigada seu lindo! <3

    beijinhos vermelhos da ruiva :-*
    Vanessa de Cássia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, se você ficou emocionada com minhas palavras, posso dizer o mesmo em relação as suas palavras. Esse reconhecimento vindo de você é muito importante, até porque motiva qualquer um a continuar realizando esse trabalho. Seu comentário me deixou muito feliz, assim como saber que você gostou da resenha.

      Seu livro tem algo especial que mexe com o leitor, assim como a Mel, que volto a repetir: conquista a qualquer um. Por isso foi um prazer realizar a leitura de "Batom Vermelho" e posso dizer que já estou esperando por mais, ao mesmo tempo em que torço por seu sucesso.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Ricardo.

    Ainda não tive a oportunidade (dinheiro. rs) de ler o livro da Vanessa, mas estou curiosa.
    Já li Entre Amores Cruzados e teve algumas coisas que não gostei, mas nada que me faça não ler os livros de minha parceira. hehehe

    Amei sua resenha e fiquei mais curiosa ainda.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda.
      Que bom que você gostou da resenha.
      Faz um bom tempo que li "Entre Amores Cruzados", por isso não vejo como comparar as duas obras, mas essa foi muito mais especial e me prendeu do início ao fim. Acho que você pode gostar muito mais de "Batom Vermelho". Pelo menos espero isso.

      Beijos,

      Excluir
  3. Olá Ricardo,

    Muito interessante, não sou muito fã de leitura erótica, mas não dispenso caso haja um empréstimo e ainda mais que recentemente tem surgido péssimas literaturas eróticas. Mas, nesse todos os comentários sobre a protagonista, foi o que me deixou curioso. Gostaria muito de conhecer essa protagonista que como disse: Poderia levar qualquer histórias, independente do gênero, é um tanto difícil achar isso.
    É um livro que não entraria facilmente na minha lista de "Quero muito", mas pela protagonista ele entra para minha lista de "desejados a médio prazo".

    Ótima Resenha!

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ler alguma trama em que a protagonista é forte e decidida é maravilhoso. Chega dessas personagens frágeis e "mimizentas" que estão abarrotando os romances eróticos. E juntando uma protagonista como essa, com uma narrativa legal como da Vanessa, não tem como o resultado dar errado.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Oi Ricardo.
    Impressionada é a melhor palavra para descrever sua resenha , tú deve saber que adoro ler elas mas dessa vez tú passou do limite e me faz querer correr para comprar xD
    A capa do livro é muito bonita por isso a vontade de ter ele em mãos e sua resenha faz o resto , então obrigada pela maravilhosa dica.

    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, acho que posso dizer ser essa a minha intenção, principalmente nesse livro que achei tão especial :D Acho que você pode gostar dessa leitura, então recomendo que adquira o quanto antes. Tenho quase certeza que você não vai se arrepender.
      Muito obrigado por seu comentário *-*

      Beijos,

      Excluir