A 86ª edição do Oscar acontece apenas no dia 02 de março, mas as semanas que antecedem o aguardado evento vão reservar várias emoções aos brasileiros com a estreia de muitos dos indicados ao prêmio mais importante do cinema mundial.

Entre todos os filmes que chegam aos cinemas nos próximos dias está um dos favoritos para a atual edição do Oscar: 12 Anos de Escravidão. Além de ser uma adaptação da autobiografia de Solomon Northup, o filme do diretor Steve McQueen foi indicado em nove categorias do Oscar, incluindo de Melhor Filme, e narra os longos doze anos em que Northup trabalhou em regime de escravidão em meados do século XIX.

Baseado na obra de Mark Helprin, classificado pelo New York Times Books como um dos 22 livros norte-americanos mais importantes dos últimos tempos, Um Conto do Destino é outro aguardado filme que chega aos cinemas juntamente com o livro de mesmo nome, publicado pela editora Novo Conceito ainda em fevereiro.

Título: 12 Anos de Escravidão
País: EUA
Estreia: 21 de fevereiro
Baseado: 12 Anos de Escravidão, de Solomon Northup
Sinopse:
Esta história, baseada em fatos reais, apresenta Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto que é sequestrado em 1841 e forçado por um proprietário de escravos (Michael Fassbender) a trabalhar em uma plantação na região de Louisiana, nos Estados Unidos. Ele é resgatado apenas doze anos mais tarde, por um advogado (Brad Pitt).
Título: A Música Nunca Parou
País: EUA
Estreia: a definir
Baseado: The Last Hippie, de Oliver Sacks
Sinopse:
Henry Sawyer (J.K. Simmons) é um pai que luta para se conectar com o filho Gabriel (Lou Taylor Pucci), que descobre um tumor no cérebro que o impede de produzir novas memórias. Os dois tentam superar uma distância emocional e acabam encontrando uma forma de se relacionarem através da música.
Título: As Aventuras de Pinóquio
País: Bélgica, França, Itália e Luxemburgo
Estreia: 28 de fevereiro
Baseado: As Aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi
Sinopse:
O carpinteiro Geppetto começa a entalhar seu maior desejo em um pedaço de madeira: um boneco para lhe fazer companhia. Ele o chama de Pinóquio e o trata como um filho. Até que um dia, para surpresa de Geppetto, o "menino" começa a se mexer e, como mágica, adquire vida própria.
Título: Caçadores de Obras-Primas
País: Alemanha e EUA
Estreia: 14 de fevereiro
Baseado: Caçadores de Obras-Primas, de Robert M. Edsel
Sinopse:
Durante o declínio de Hitler na Alemanha, um grupo de 13 especialistas vindos de países diferentes é reunido para reencontrar obras de arte roubadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. George Stout (George Clooney), um oficial americano e conservador de obras de arte, lidera a equipe.
Título: Philomena
País: EUA, França e Reino Unido
Estreia: 14 de fevereiro
Baseado: Philomena, de Martin Sixmith
Sinopse:
Irlanda, 1952. Philomena Lee (Judi Dench) é uma jovem que tem um filho recém-nascido quando é mandada para um convento. Sem poder levar a criança, ela o dá para adoção. A criança é adotada por um casal americano e some no mundo. Após sair do convento, Philomena começa uma busca pelo seu filho, junto com a ajuda de Martin Sixsmith (Steve Coogan), um jornalista de temperamento forte. Ao viajar para os Estados Unidos, eles descobrem informações incríveis sobre a vida do filho de Philomena e criam um intenso laço de afetividade entre os dois.
Título: Um Conto do Destino
País: EUA
Estreia: 21 de fevereiro
Baseado: Um Conto do Destino, Mark Helprin
Sinopse:
Esta história fantástica, baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois.

10 Comentários

  1. Quero assistir todos os filmes que concorrem ao Oscar antes da premiação. Adoro ficar palpitando, mesmo que os meus favoritos quase nunca ganhem hehe
    E quero ver Um conto do Destino tbm, mas quero ler o livro antes.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ricardo.
    Quero muito ler algo sobre o Hitler. rs sei lá penso que será interessante, espero não me decepcionar.

    Também quero 12 anos de escravidão, estás histórias baseadas em fatos reais me deixam mega curiosa. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei das indicações Ricardo. Quero muito conferir 12 Anos de Escravidão, Philomena e Um Conto do Destino. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Geralmente sou uma relapsa em relação a filmes, mas adorei a lista.
    Estou numa fase Stanley Kubrick, mas pretendo ver alguns indicados esse ano.
    Beijos


    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  5. Olá Ricardo,

    Muita coisa boa, as sinopses são bem interessantes,fiquei curioso....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Estou em uma meta antiga, mas que ainda não conseguir cumprir nenhuma vez, espero que este ano seja diferente: Assistir todos os filmes indicados ao Oscar (no caso na edição de 2014) antes da premiação, e confesso que até então só assistir a UM único que foi Gravidade, porém acredito muito que o favoritismo de "12 anos de Escravidão" vai se consagrar, pelo que vi, já li e tudo mais acredito que seja um dos melhores filmes. Um dos meus favoritos é "Trapaça" de David O'Russell.
    Cheguei acompanhar o Festival de Sundance, assim conheci o filme " A Música nunca parou" tenho muita curiosidade por assistir o filme e ler o livro.
    Um filme que fiquei triste de não ter estreado ano passado foi "Caçadores de Obras Primas", seria um, eu acho com toda a certeza kkk, um forte concorrente ao Oscar esse ano. Mas, estou ansioso pela produção.
    Desses Philomena é que tenho menos conhecimento, mas espero que isso mude.
    Já o filme "Um conto do destino" é o único filme que quero assistir só depois de ler o livro, espero muito ganha-lo ou comprá-lo, não sei.

    É isso!
    Abraços Ricardo!

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Assisti "12 anos de escravidão" é é muito bom!! Acho que tem grandes chances no oscar :D
    E quando a Rocco divulgou essa capa de "Caçadores de obras-primas" eu fiquei com muita vontade de ler o livro e de assistir ao filme! Também gostei bastante da sinopse de "A música nunca parou" :D

    Bjs ^^

    ResponderExcluir
  8. Não vi nenhum filme que foi indicado ao oscar esse ano, falta de tempo e outros fatores contribuiram para isso, é uma tendência adaptar livros de grande sucesso, como se pode ver é o caso da maioria das indicações, não conhecia nem o livro nem o filme antes de serem indicados ao prêmio, só tinha ouvido falar e muito bem de 12 anos de escravidão, basta aguardar dia 02/03 e vermos quem sairá vencedor, pretendo comprar os livros e ler, depois claro assistir aos filmes, mas sem pressa, quando surgir algum tempo.

    ResponderExcluir
  9. 12 Anos de Escravidão é um livro que eu mal posso esperar para ganhar. Eu amei tanto o filme que desejo saber muitos detalhes sobre essa história maravilhosa.

    ResponderExcluir
  10. Desses filmes, assisti apenas o "12 Anos de Escravidão", e posso dizer que o filme é ótimo. O problema é que é forte demais pra mim. Saí do cinema me sentindo mal, pois só em pensar o quão os escravos sofreram, me dá calafrios.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir