A importância do escritor francês Victor Hugo para a história da literatura mundial é indiscutível. Líder do Romantismo na França, Victor Hugo se dedicou à literatura durante a maior parte de sua vida e escreveu alguns dos mais conhecidos e reverenciados clássicos do mundo literário, como “O Corcunda de Notre-Dame” e “Os Miseráveis”, seu mais importante trabalho.

No entanto, o escritor era também um grande poeta e teve alguns de seus poemas reunidos em Cantos para os Meus Netos, livro organizado por Marie-Hélène C. Torres. Apesar de retratar o universo infantil, a belíssima edição da editora Gaivota também encanta leitores de todas as idades.

O livro Quissama – O Império dos Capoeiras, do escritor Maicon Tenfen, tem como cenário o Rio de Janeiro de 1868 e é baseado nos manuscritos de Daniel Woodruff, um ex-agente da Scotland Yard. A obra, publicada pela editora Biruta e indicada a crianças a partir de 10 anos, tem como enredo uma busca pessoal que poderia inclusive mudar o rumo da nossa história.

Título: Cantos Para os Meus Netos
ISBN: 978-85-64816-56-5
Autor: Victor Hugo
Páginas: 40
Sinopse:
Observando e admirando a infância, Victor Hugo misturou palavras, juntou versos, criou estrofes. O grande poeta e romancista francês brincava de poesia.
Assim, escreveu "Cantiga de Roda", "Canção de Avô", "Pepita" e outros aqui reunidos.
Poemas para os netos, mas que encantam leitores de todas as idades e gerações.










Título: Duas Vezes na Floresta Escura
ISBN: 978-85-7848-135-3
Autor: Caio Riter
Páginas: 164
Sinopse:
Susana se sentia sozinha naquela cidade em que pouco havia para se fazer. Susana queria que a mãe retornasse, queria poder voltar para seu quarto, para sua escola, para sua amiga Clara. No entanto, sabia que isso ainda iria demorar. Todavia, aquela vida que, num primeiro momento, lhe pareceu insuportável, sofrida, foi se modificando.
A garota conheceu a Bethânia, o Caetano, a Nicole.
Conheceu também o César, um garoto estranho, que adorava espionar os outros. Até que uma tragédia se abateu sobre aquela cidade tão pacífica. E Susana e seus novos amigos estavam bem próximos dela.
Deles, dependia a solução de um bárbaro crime.
Título: O Gigante do Maracanã
ISBN: 978-85-7848-147-6
Autor: Cesar Cardoso
Páginas: 56
Sinopse:
Uma menina e seu pai. Qual a distância entre eles? Hoje, estão bem próximos, no meio de uma torcida. É a primeira vez que o pai a leva pra ver um jogo de futebol, e essa aventura acontece na arquibancada daquele estádio imenso, o grande Maracanã, não, o gigante!
O que ela vai aprender por lá? As regras do jogo. O prazer do drible.
A emoção do gol. A grande área, a marca do pênalti, a defesa do goleiro…
Mas o que mais a menina aprende, levada pela mão do pai para esse jogo, que talvez dure bem mais do que noventa minutos?





Título: O Que Eu Vi Por Aí
ISBN: 978-85-7848-131-5
Autor: Cyro de Mattos
Páginas: 44
Sinopse:
O que eu vi por aí? Vi formigas trabalhando, uma velhinha chupando cana e até uma aranha dourada descendo do céu! Vi o que os olhos podem ver e também o que só a imaginação pode criar. Por aqui você vai descobrir que por aí não faltam surpresas, risadas e encantos! Basta saber olhar!
Título: Piscina Já!
ISBN: 978-85-7848-144-5
Autor: Luiz Antonio Aguiar
Páginas: 104
Sinopse:
Era um Brasil bem diferente.
Um país debaixo de Ditadura.
Tem gente que não conheceu esses tempos e nem imagina como foi. Era dureza, chumbo grosso. O Brasil estava um breu na época. E mesmo assim a garotada do Condomínio da Colina partiu para a briga contra a repressão.
E foi uma aventura dessas que quem viveu nunca esquece!
Como foi? No que deu?…
Está contado aqui… em Piscina Já!
Uma viagem para um tempo em que gente como a gente lutou – de várias maneiras – pela liberdade!





Título: Quissama – O Império dos Capoeiras
ISBN: 978-85-7848-137-7
Autor: Maicon Tenfen
Páginas: 308
Sinopse:
Rio de Janeiro, dezembro de 1868.
O moleque Vitorino Quissama foge da senzala para procurar a mãe desaparecida. Recorre ao viajante Daniel Woodruff, ex agente da Scotland Yard que pode ajudá lo em sua missão. Transitando entre os salões da corte e as precárias moradias dos cortiços, a dupla terá de enfrentar os perigos e as injustiças de uma sociedade sustentada pelo trabalho escravo.
Baseado nos manuscritos de Daniel Woodruff (1832-1910), O Império dos Capoeiras reconstitui a saga de uma cidade dividida pela guerra secreta dos Nagoas e Guaiamuns, duas das maiores e mais temidas maltas do século XIX. Numa época em que o escritor José de Alencar era Ministro da Justiça e o Império do Brasil destinava todos os seus recursos à Guerra do Paraguai, Woodruff mal podia imaginar que, por trás da busca pessoal de Vitorino, insinuava se uma conspiração que mudaria os rumos da nossa História.

Um Comentário

  1. Oi Ricardo, tudo bem?
    O lançamento que mais me atraiu foi Cantos para os meus netos e Piscina Já.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir