Para Onde Ela Foi, Gayle Forman, tradução de Santiago Nazarian, 1ª edição, Ribeirão Preto-SP:
Novo Conceito, 2014, 240 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Apesar de Se Eu Ficar necessitar obrigatoriamente de uma continuação, quando soube que o segundo livro seria narrado por Adam passei a vê-o com outros olhos. Não que a personagem não agradasse. Era apenas difícil imaginar outra personagem conquistando a admiração após tudo o que aconteceu com Mia, a narradora do livro anterior. Por sorte não desprezei a obra, já que é infinitamente superior ao primeiro livro, que já era muito bom.

Em Para Onde Ela Foi, a autora Gayle Forman cativou de uma forma jamais imaginada. Parte disso se deve exatamente ao narrador-personagem. O que antes considerava pouco atrativo, se tornou o ponto mais agradável, especialmente por ser possível conhecer Adam profundamente, a ponto de se identificar e torcer por ele.

Conhecemos ao longo da leitura o que aconteceu na vida de Adam após as passagens narradas no livro anterior, novamente através de flashbacks. A vida profissional da personagem evoluiu, mas seus sentimentos que foram capazes de transformar a obra em algo especial. O que era para ser apenas um agradável romance se tornou uma obra literária repleta de aprendizados — alguns que podem ser levados por toda a vida, outros para momentos que cedo ou tarde também podemos vivenciar.

Seguindo a mesma estrutura de Se Eu Ficar — uma história em um único dia e com flashbacks imprescindíveis para o entendimento —, Para Onde Ela Foi é o tipo de livro em que faltam palavras para descrevê-lo como de fato merece. Além de encantar por sua escrita, Gayle Forman encanta também com os trechos de músicas e com algumas passagens que apenas valorizam a força de suas personagens.

Com uma história encantadora e que mostra como tudo valeu a pena, a autora volta a valorizar a força do amor, ainda que em um sentido totalmente diferente, e mostra como estava errado ao não esperar nada da leitura. Em resumo, basta dizer que Gayle Forman encerrou sua duologia com chave de ouro, tanto que a obra em questão agora está entre as melhores do ano.

“Acabei percebendo que há uma grande diferença entre saber que algo aconteceu e saber por que aconteceu, e acreditar nisso. Porque, quando ela cortou o contato, sim, eu sabia que havia acontecido. Mas levei um longo, longo tempo para acreditar.
Em alguns dias, eu ainda não acredito” (pág. 98).

8 Comentários

  1. Por realmente ser narrado pelo Adam, acho que é bem mais legal, talvez me agradaria mais com ele, ao invés da Mia.
    Torcer por Adam, talvez seja mais o objetivo da autora com os leitores. Por seus problemas e também o que aconteceu com ele.
    Vi que tem bastante coisas como tu citou, sobre levar para a vida toda alguns aprendizados.
    E para entrar para as melhores do ano, me deixou bem ansiosa.
    Quero conhecer sim!
    Abraços Ricardo,
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho muita vontade de ler esse e o primeiro livro, pois parecem ser muito bom eu só assisti o filme e gostei da resenha deve ser legal ver o lado do adam.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Queria muito conseguir gostar da narrativa desse livro. Li o primeiro volume e simplesmente não consegui continuar, acho que deixei o livro na metade. Os personagens são bons, mas simplesmente não me prendem.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, como pode né? Achei o primeiro livro super chato com um romance morno que não me cativou de nenhuma forma... portanto acho muito complicado esse ser melhor...
    Quase abandonei se eu ficar, só terminei de ler porque era berm curtinho....

    ResponderExcluir
  5. Quando eu li Se Eu Ficar, não achei que precisava de uma continuação. Nem queria continuação.
    Claro que quis ler a continuação de qualquer modo. E, como você, fiquei mega feliz.
    Como você disse, ele é incrivelmente superior ao primeiro, o que é dificílimo fazer.
    :D

    Muito muito bom!

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Ricardo tudo bem?

    Gostei do primeiro livro, mas confesso que espera muito mais, mas estou bem animado com essa continuação, logo mais iniciarei a leitura, gostei de saber da sua opinião...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Estou curiosa para ler essa duologia, ainda não comprei os livros, estava com um pouco de receio. Mas agora fiquei bem animada, a história parece boa.

    Bejinhos

    ResponderExcluir
  8. É exatamente isso que leio em todas as resenhas desse livro "ele é superior ao primeiro"! Quando eu soube que Adam narraria a história eu me interessei logo, adoro narradores masculinos e ainda mais quando temos um outro ponto de vista no inicio da história! Comprei o livro e ele já esta estante 2015 que me aguarde!

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir