A Guardiã do Fogo, Lívia Fiedler, 1ª edição: Daya Editorial, 2014, 320 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Antes de sua avó falecer, Sofia recebe um medalhão de dragão de aniversário e, poucos anos depois, acaba sendo atacada por uma anja negra. Após o ataque, a garota surge em um plano diferente e descobre que possui um grande poder.

O medalhão que recebeu de sua avó é capaz de lhe ajudar a dominar o fogo, mas estando longe de casa, Sofia precisa encontrar uma maneira de voltar para seu plano ainda viva. Para isso, será necessário enfrentar seres malignos, contando apenas com sua coragem e a companhia de alguns amigos. Ao passar por essa aventura, no entanto, ela se deparará ainda com um amor impossível.

“Eu simplesmente fiquei olhando o fogo consumi-lo; meus olhos brilhavam com aquele espetáculo. As mesmas chamas que o matavam, refletiam nos meus olhos. Após alguns minutos, ele finalmente parou de berrar e caiu duro no chão, produzindo um baque. Estava morto” (pág. 62).
As primeiras vezes da autora Lívia Fiedler na literatura aconteceram através de antologias de contos e, apesar dos textos curtos, ela já conseguia demonstrar o seu talento como autora. Ao publicar o seu primeiro livro solo, Lívia também estava mostrando aos leitores o seu trabalho de uma forma mais complexa e, de um modo geral, confirmando que pode sempre contar ótimas histórias, ou seja, que o tamanho não é um obstáculo.

A fórmula utilizada em A Guardiã do Fogo é uma velha conhecida na literatura juvenil, sobretudo por ser natural encontrar obras em que os protagonistas descobrem que nunca foram como uma pessoa qualquer. No caso de Sofia, ela descobre sua habilidade em dominar o fogo e, mais do que isso, que pode estar correndo sério risco de vida.

O problema de se utilizar essa fórmula é que o cuidado do autor deve ser muito grande. Se funcionar, o sucesso pode ser questão de tempo; caso contrário, o fracasso é quase inevitável, em especial porque o mercado vive de momentos. Nessa hora que o talento de Lívia Fiedler se sobressai, visto que apesar de todos os clichês, a história não se torna cansativa e ainda revela algumas surpresas. Inclusive surpresas nada convencionais.

Enquanto a maior surpresa não é revelada, o livro acaba pecando em pequenos detalhes em que outros livros adolescentes também pecam, como a relação entre as personagens e os amores repentinos. São situações bobas, mas aceitáveis se levada em consideração a idade das personagens. Outro detalhe crucial é que o grande número de personagens pode causar uma leve confusão, principalmente aquelas que não são fundamentais.

A relação do leitor com Sofia, no entanto, é puramente de amor e ódio. Ao mesmo tempo em que tem atitudes bem questionáveis, ela não deixa de ser corajosa e enfrenta seus problemas — ou parte deles — da melhor forma imaginável. Sem contar tudo o que a envolve, isso sim o que de melhor existe em A Guardiã do Fogo.

Na construção de seu enredo, a autora trabalhou detalhes que dão um toque próprio ao seu primeiro romance. Além de tudo que cerca o presente e passado de Sofia, Lívia soube também apresentar cada detalhe da mitologia usada por ela, sem deixar que a leitura se arrastasse ou que ficasse algo sem uma devida explicação. Ao mesmo tempo em que possui poucos elementos originais, o cenário tem uma infinidade de características que poderiam ser usadas em diversas outras histórias.

Com diálogos rápidos, muita aventura e uma narrativa envolvente em primeira pessoa, A Guardiã do Fogo poderia até ser mais um livro para adolescentes, mas seu final mostra como Lívia não é apenas uma escritora iniciante. Ao fugir do convencional, a autora pega o leitor de surpresa e dá a garantia de conhecer seus futuros trabalhos.

“Estava pensando no que faria a seguir, eu tinha que passar por esse ritual e, principalmente, tinha que rever Charles. Mas, se ele não aparecer e minha vida estiver em perigo, ficarei extremamente magoada com ele. Que tipo de anjo ele era para deixar uma protegida abandonada assim?” (pág. 123).

11 Comentários

  1. Obrigada pelas palavras, Ricardo!
    Usarei as dicas para melhorar ainda mais meus próximos livros :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha gostado da resenha, Lívia. :) Foi um prazer ler um novo trabalho de sua autoria.

      Excluir
  2. Oi, Ricardo!
    Não conhecia o livro, confesso. No entanto, mesmo não parecendo ser uma leitura incrível, eu leria com toda certeza.
    Entendi bem suas ressalvas e acredito que sentiria o mesmo no seu lugar. Acontece...
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  3. Parece aquele tipo de livro que agrada, mesmo com clichês e alguns deslizes. No entanto, a autora está apenas começando e, de acordo com sua resenha, parece ter futuro. Nunca tinha ouvido falar da Daya Editorial; a revisão do livro foi bem feita?

    Sonhos, Imaginação & Fantasia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laís.
      Tenho certeza que o futuro da Lívia na literatura será muito promissor, o que dava para perceber já com seus contos. :) Sobre a revisão, apesar de um ou outro erro, no geral foi bem feita sim.

      Excluir
  4. Oi
    Não conhecia, pela sua resenha até que parece cativante e tudo mais, mais a sinopse não me cativou a ler ele. Apesar de algumas coisas você teve uma boa leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei, Ricardo. Principalmente pelo fato de a autora conseguir abordar algo completamente arriscado e ter um baita de um sucesso e ser bem sucedida em sua escolha. Realmente, é um tiro no escuro quando se pega algo difícil para ser feito; no entanto, acaba ficando claro no decorrer da jornada e ela consegue se sobressair e ainda ser palco de grande sucesso.
    Sem dúvidas, adorei a história e fiquei curiosa para conhecer mais sobre Sofia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de deixar uma mensagem de incentivo pelo seu trabalho, sei que este ramo é muito difícil e custumo sempre deixar videos de fortalecimento, a pessoas, de grande cimpatia para com as pessoas, seus leitores. Pelo foi o que percebi de primeiro contato. Espero que o video fortaleça seu trabalho, neste seu projeto, levando sempre em conta sua Fé em nunca desistir. Amém.!!
    http://youtu.be/vyfjoTXK9jQ

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de deixar uma mensagem de incentivo pelo seu trabalho, sei que este ramo é muito difícil e custumo sempre deixar videos de fortalecimento, a pessoas, de grande cimpatia para com as pessoas, seus leitores. Pelo foi o que percebi de primeiro contato. Espero que o video fortaleça seu trabalho, neste seu projeto, levando sempre em conta sua Fé em nunca desistir. Amém.!!
    http://youtu.be/vyfjoTXK9jQ

    ResponderExcluir
  8. Oi tudo bem? Ótima resenha! Parabéns.
    Eu também tenho parceria com essa autora e também resenhei o livro... Inclusive! Conversei com ela e ela cedeu um exemplar pro meu blog sortear, fiquei muito feliz... Pois muitas pessoas poderão conhecer o trabalho que ela faz.

    Vi que você é um dos paceiros dela e achei interessante entrar em contato e lhe passar o link! Quem sabe algum de seus leitores não se interessam e queiram participar do sorteio, inclusive ele já está no ar e termina no dia 24 do mês de agosto.

    Muito obrigado pela sua atenção e espero que me compreenda.
    Abraços! Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  9. eu gostei muito do livro! o final me surpreendeu muito! dei quatro estrelinhas pro livro, pq me envolvi muito com os personagens, mesmo que as constantes e repentinas mudanças de humor da Sofia me irritassem.

    deixo aqui o meu convite para ler a minha resenha! <3 :)

    abraços! <3
    Alex, do blog Um Bookaholic.
    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: instagram/twitter

    ResponderExcluir