John Lennon é indiscutivelmente um dos mais importantes artistas do último século, porém a sua vida pós-Beatles, em Nova York, é pouco conhecida mesmo pelos seus fãs de carteirinha. Lançado pela editora Valentina, o livro John Lennon em Nova York, escrito pelo jornalista James A. Mitchell, busca exatamente apresentar detalhes sobre essa fase do músico inglês que, entre outras coisas, passou a defender ideais feministas e lutou pelo fim da Guerra do Vietnã.

Depois de uma longa espera, a editora lançou também Almanegra, o segundo volume da trilogia Incarnate, de Jodi Meadows.

Título: Almanegra
ISBN: 978-85-65859-67-7
Autor: Jodi Meadows
Páginas: 336
Sinopse:
ALMANEGRA
Ana sempre foi a única. Marginalizada. Apartada. E, para piorar, após o Escurecimento do Templo causado por seu pai, vários cidadãos de Heart a culpam pela perda definitiva de algumas almas, as almasnegras — e pelas almasnovas que nascerão em seu lugar.
SOMBRAS
Muitos temem a presença de Ana, um lembrete constante das mudanças irreversíveis. E quando as sílfides começam a se comportar de maneira diferente em relação a ela, Ana terá que aprender não apenas a se defender como àqueles que não podem fazer isso por si mesmos.
AMOR
Ana aprendeu desde cedo que os sem-alma não podem amar. Mas, e as almasnovas? Mais do que tudo, ela deseja ter a chance de viver e amar como qualquer outro cidadão de Heart, porém mesmo depois de Sam declarar seus mais profundos sentimentos, será que ela conseguirá superar uma vida inteira de rejeição e aceitar o amor?
Almanegra explora a beleza e as profundezas sombrias da alma, numa história que é ao mesmo tempo um romance épico e uma fantasia cativante.

Título: Black para Sempre
ISBN: 978-85-65859-60-8
Autor: Sandi Lynn
Páginas: 256
Sinopse:
Um homem marcado por uma tragédia e decidido a nunca se apaixonar.
Uma mulher que vive cada dia como se não houvesse amanhã.
Apesar da fama de devasso insensível de Connor Black, Ellery não consegue resistir à atração daquele mulherengo irritante que parece ser a sua alma gêmea.
Quando Ellery se mudou com o namorado, Kyle, para Nova York, achou que pela primeira vez seria feliz, enterrando para sempre os dramas do passado. Ledo engano: um belo dia, o sujeito arruma as coisas e vai embora, alegando “precisar de espaço”. Sozinha e deprimida, ela mergulha de cabeça na pintura, sua grande vocação, até que uma noite ajuda um belo e misterioso bêbado a voltar para casa de uma boate. Mal sabe ela que o homem é ninguém menos do que o cobiçado milionário Connor Black. Ao encontrar Ellery em sua cozinha na manhã seguinte, presumindo que ela infringiu sua regra número um e passou a noite lá, ele fica furioso, mas ela o enfrenta como nenhuma mulher jamais enfrentou, deixando-o intrigado não apenas com sua coragem e independência, mas também com sua bondade.
Entretanto, há uma tempestade a caminho. Ambos guardam segredos terríveis que podem destruir a relação tão rara e preciosa que construíram. Qual dos dois terá coragem de abrir o jogo primeiro – ou será que a própria vida fará isso de forma totalmente inesperada?
Título: John Lennon em Nova York
ISBN: 978-85-65859-76-9
Autor: James A. Mitchell
Páginas: 248
Sinopse:
1971. John Lennon se muda para Nova York na expectativa de assumir o papel de artista solo e produtor, ávido por se juntar à luta por justiça social e pelo fim da Guerra do Vietnã.
Acolhido pelos líderes do movimento contra a guerra, estabeleceu-se no Greenwich Village e rapidamente tornou-se porta-voz do Movimento, inspirando solidariedade e defendendo causas. Visto como salvador por uma geração carente de heróis culturais, foi perseguido por Nixon e um governo sedento por silenciar seus inimigos e temeroso de que Lennon pudesse influenciar decisivamente a eleição presidencial que se avizinhava. Na mesma época, Lennon aprendeu a defender os ideais feministas e lançou Imagine e Some Time in New York City.
Esta biografia única e ilustrada se baseia em entrevistas inéditas feitas pelo autor com os membros da banda underground norte-americana de Lennon, a Elephant’s Memory; com a escritora e líder feminista Gloria Steinem; com o cofundador da Bancada Negra do Congresso, Ron Dellums; com o veterano dos “Sete de Chicago” Rennie Davis; com o advogado especializado em imigração Leon Wildes; e com o poeta e ativista John Sinclair, o homem que Lennon libertou de uma sentença de dez anos de prisão – feito que demonstrou seu enorme poder político e cultural e pôs em marcha a surpreendente história aqui contada.

2 Comentários

  1. Oie
    Esse livro do John Lennon é o que mais me deixa curiosa, estou louca para ler.
    Essa série de AlmaNova deve ser muito boa, e as capas são lindas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Ricardo,

    De todas as novidades a que mais mais me interessou foi é claro a do John Lennon e aguardarei muito a resenha dele...abraço.

    www.devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir