Fala, pessoal!
O início de um ano serve sempre para fazer planos e traçar objetivos. Com os livros não poderia acontecer diferente, por isso imagino que todo leitor aproveita essa época do ano para estipular os livros que serão lidos ao longo de doze meses. Esse é o objetivo da tag Dezesseis livros para ler em 2016, que fui convidado a responder pelo Marco Antonio, do blog Devorador de Letras. Claro que escolher apenas dezesseis títulos é uma tarefa difícil, mas vamos ao que interessa!
A Culpa é das Estrelas — Confesso que não é a primeira vez que coloco o livro de John Green entre aqueles que desejo ler ao longo do ano, mas dessa vez sei que vou corrigir este grande erro. Mesmo porque prometi a minha amiga Thais e promessa é dívida!
A Lista — Depois da ótima experiência com o livro Como se apaixonar, a minha curiosidade em relação a este livro apenas aumentou. Sem contar que conversas recentes com a Lu Pimenta, do Relíquias da Lylu, me deixaram animado a me dedicar a esta leitura.
Alex, a biografia — Alex é um dos grandes ídolos da história recente do Palmeiras e, como palmeirense fanático, tenho que conhecer esta biografia. Tenho consciência de que não é uma biografia complexa, como seria a de um escritor, por exemplo, mas deve ter muitas histórias divertidas.
Alta Tensão — Algumas das melhores experiências no último ano foram graças a Harlan Coben e “Alta Tensão” está esperando na minha estante para ser lido há pelo menos três anos. Não tenho dúvidas de que chegou a hora, ainda que preferisse ler na ordem cronológica. Mas quem se importa?
Eu odeio te amar — “Eu odeio te amar” não é do meu gênero literário favorito e sequer segue o mesmo estilo de Sem Rumo, mas curti tanto o trabalho literário de Liliane Prata que pretendo ler todos os seus livros e esse não poderia ficar de fora. Pena que ainda nem tenho em minha estante…
Longe das Aldeias — Robertson Frizero foi um dos palestrantes do CLEC 2015 (Congresso Lusófono de Escrita Criativa) e, ao comentar sobre o seu livro, o autor revelou detalhes que costumam me agradar em uma obra. Felizmente ganhei um exemplar do livro e poderei matar a curiosidade.
Lua de Mel — Não é novidade para ninguém que gosto muito do trabalho do James Patterson, por isso este foi um dos últimos livros comprados em 2015 e, como consequência, está entre as prioridades. Por sempre ser uma leitura rápida, o encaixarei na primeira brecha.
Morte no Nilo — No dia 12 lembramos os quarenta anos da morte da Rainha do Crime e com essa lembrança bateu a saudade de ler suas obras. As opções em minha estante são variadas, mas como estou lendo na ordem cronológica, este será o próximo a ser lido assim que possível.
Mundo sem Fim — São muitos os livros da editora Arqueiro na lista das próximas leituras e na tag não poderia faltar um título do Ken Follett. Conheço apenas Queda de Gigantes, mas Follett precisou de apenas uma história para entrar na lista dos favoritos. O que explica muita coisa.
O Segredo de Water Castle — Maurício Chaim é o único escritor de minha terra que publicou um livro de fantasia, o que sempre chamou a minha atenção, no entanto, quando participamos juntos de uma mesa de escritores, ele me convenceu de que seu livro tem tudo para me conquistar. Pronto!
Perdido em Marte — Este livro está em minha estante desde o lançamento da edição com a capa do filme e justamente pelo filme que quero ler o quanto antes. Afinal, foram diversas indicações ao Oscar e isso me deixou bastante animado para conhecer a adaptação. Não sem antes realizar a leitura, claro.
Rebentar — O livro de Rafael Gallo chegou de surpresa pela parceria com o catálogo literário da editora Record, mas o pouco que li sobre a obra me deu a certeza de que será uma experiência marcante e a chance de me emocionar é enorme. Gosto de livros assim!
República de Ladrões — Nobres Vigaristas é uma das melhores séries que tive o prazer de conhecer e a expectativa pela continuação de Mares de Sangue só aumenta. Uma coisa é certa: só não realizei a leitura porque no último ano não me dediquei aos livros como gostaria. Que esse ano seja diferente!
Suicidas — Raphael Montes é certamente uma das maiores revelações da literatura brasileira nos últimos anos e prova disso é a qualidade de seu Dias Perfeitos. Mesmo assim, algo me diz que a essência do primeiro livro do autor deve me conquistar ainda mais do que o título mencionado.
Um Corpo na Biblioteca — Mais uma vez Agatha Christie! Nada melhor do que aproveitar a abstinência para compensar o longo tempo que fiquei sem ler nada da maior de todas, por isso, além de “Morte no Nilo”, “Um Corpo na Biblioteca” não poderia ficar fora desta lista.
Viagem ao Céu — Ano passado bateu a saudade da época que ia à biblioteca emprestar livros do velho Lobato e resolvi reler as histórias que fizeram eu me apaixonar pelos livros. Na ocasião foram duas leituras, mas este ano pretendo voltar a me divertir com a turma mais especial da literatura brasileira.

Espero que todos gostem dos livros escolhidos e, mais do que isso, espero conseguir ler o maior número de títulos possíveis dessa lista — se conseguir todos, melhor ainda! ;)
Mas agora indico a tag para a Ane, do Ane-chan’s Shizen?, a Camila Marcia, do De Livro em Livro, a Lu, do Relíquias da Lylu, a Pamela, do O Diário do Leitor, e a Rê Souza, do Entre Resenhas.
Deixo a indicação também a todos que se interessarem!

Categorias:

7 Comentários

  1. Suas escolhas estão maravilhosas! Espero que você consiga superar a meta. Eu também estou há tempos querendo ler A culpa é das estrelas e nunca leio. kkkk E acho que será difícil ler esse ano também porque tenho outras metas. A lista você vai amar...muito bom. Também quero ler Perdido em Marte e Suicidas.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Oie Ricardo!! Da sua lista só conheço Perdido Em Marte que super recomendo e República de Ladrões que ainda tenho que começar a ler!! Ahh tem A Culpe é da Estrelas e A Lista, mas não tenho vontade de ler nenhum dos dois!!! Espero que consiga ler todos eles!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  3. Olá Ricardo!
    Olha o Republica dos Ladrões ai! Da sua lista quero muuuito ler o Mundo Sem Fim! Fiquei mega feliz quando ele foi relançado!
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! NOS SIGA E PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  4. Olá Ricardo!
    Adorei saber das suas escolhas para esse próximo ano. Vou acompanhar as resenhas aqui!
    Agradeço também a indicação. Na próxima semana já sai a minha lista.
    Beijos! :3

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Adorei as escolhas. Vários livros citados eu quero ler e tem outros que eu nem conhecia mas que me chamaram a atenção.
    Perdido em Marte eu gostei bastante, tanto do livro quanto do filme.
    Tô lendo o primeiro Harlan Coben da vida agora e já tô apaixonada pela escrita do autor.
    Fora isso, os que eu mais quero ler da sua lista são Suicidas e a Lista.
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Ai minha nossa senhora. Lá vou eu responder esse treco aqui dahusduiasd.

    ResponderExcluir
  7. Olá Rick,

    Adorei suas escolhas, apesar de ter lido apenas 3 dos que você se propôs a ler: A Culpa é das Estrelas, A Lista e Morte no Nilo... os demais parecem-me ótimos... morro de vontade de ler Harlan Colben e Ken Follett.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir