Investimentos do Governo em projetos para melhora na educação de nível superior

É de se admitir que a alguns anos o governo vem investindo em projetos para melhorar a educação de nível superior no país, mesmo que seja pouco e atinja uma parcela um tanto quanto pequena da população, porém, projetos como o SiSU (Sistema de Seleção Unificada) são com certeza uma maneira de incentivar qualquer um a se dedicar para conseguir uma boa nota no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Baseado na nota obtida no ENEM, o SiSU seleciona vestibulandos por cursos e universidade que mais se destacaram, oferecendo a eles uma chance de estudar em uma universidade pública e ocupar uma das vagas reservadas pela entidade para o sistema.

Assim que o período de inscrições se inicia, o que ocorre duas vezes ao ano e geralmente nos meses de janeiro e junho, o aluno deve ir até o site do SiSU e preencher os seus dados como padrão, escolhendo também dois cursos (primeira e segunda opção), que poderão ser modificadas enquanto o prazo de inscrição não estiver vencido, o que não chega a uma semana.

Se você receber uma boa nota no ENEM provavelmente estará concorrendo a uma das vagas do SiSU em seu curso em uma das universidades que você escolheu, então é bom ficar de olho no seu e-mail que foi informado em seu cadastro assim como no site do sistema, dessa maneira você fica sabendo rapidamente se foi classificado ou não.

Nota de corte

A nota de corte é definida a partir de dois conceitos: A nota do último colocado segundo o número de vagas disponíveis no curso na universidade em questão, por exemplo, se houver 50 vagas, a nota de corte será exatamente a mesma do 50º colocado.

A nota de corte provisória, que é definida a partir do próprio sistema geralmente em cursos muito concorridos, assim o candidato poderá ter uma referência da média que seria necessária obterem, porém, essa média pode cair de acordo com os candidatos que desistirem de suas vagas por não estarem aptos aos requisitos do sistema, não conseguirem realizar a matrícula por morarem muito longe da universidade, optarem por seguir para outra universidade que passaram no vestibular.

Chamadas

Duas chamadas são feitas depois que se encerra o período de inscrições Sisu e os resultados são obtidos, caso algum aluno da primeira chamada não faça a sua inscrição, o primeiro aluno que não ficou acima da note de corte inicial passara a ser a nova nota de corte e será participante da segunda chamada.

Caso a segunda chamada seja completada e ainda assim não tenham sido preenchidas todas as vagas reservadas, o sistema passa para a lista de espera, que conterá alunos que ficaram abaixo da nota de corte da segunda chamada e optaram por ficar nesta lista de espera que convocará um a um dos participantes em ordem de colocação até que não existam mais vagas ou não haja mais concorrentes. OBS: A lista de espera só vale para a primeira opção escolhida pelo candidato no ato da inscrição.

Vale a pena tentar?

Com toda certeza vale, pois essa é mais uma maneira de realizar o sonho de vários jovens, o problema é que algumas universidades já estão adotando o próprio ENEM como vestibular, ou seja, os alunos que forem bem no Exame Nacional do Ensino Médio já terão um lugar

Outras opções para quem não conseguiu o Prouni

Prouni é um programa do governo federal que oferece universidade para todos, oferendo bolsas integrais e parciais em vários cursos de nível superior de universidades particulares de ensino aos estudantes de escolas pública, que não tem condição financeira para manter uma universidade particular.

O processo de pré-seleção deste programa é feito segundo a nota do Enem, os estudantes com maiores notas alcançadas no ENEM, tem mais possibilidades de serem beneficiados pelo programa.

O resultado da seleção do programa é feito em algumas divisões de tempo sendo elas, primeira chamada e segunda chamada. Mas nem sempre é possível que o candidato consiga uma vaga em uma universidade particular por trás do ProUni, neste caso existem outras possibilidades de cursa uma universidade.

Quais as soluções para quem não conseguiu o ProUni?

Educa mais Brasil é uma das maiores oportunidades para universidades particulares, O programa tem parceria com mais de 18 mil instituições, mais de 450 mil alunos já foram beneficiados com bolsas de estudo pelo Educa Mais Brasil. Este programa está no brasil há mais de uma década permitindo que os estudantes sem condições de pagar uma universidade particular por inteiro ganhe até 70% de descontos.

Para que consiga o desconto é apenas necessário que tenham vagas no curso desejado, em seguida Educa mais Brasil inscrição.

O financiamento Estudantil (FIES), que é um programa do estado, pode ser uma segunda opção para quem quer cursar uma universidade, e não conseguiu o ProUNi. Este programa dá a oportunidade do estudante que não tem condições para pagar uma universidade de rede pública, arcando com as despesas, por trás de um financiamento.

Em alguns casos, o estudante consegue 50% do ProUni, mesmo assim não tem condições financeiras para começar o curso, nestas situações o governo federal também dá a oportunidade de o estudante financiar os outros 50% pelo financiamento estudantil (FIES).

Para conseguir este benéfico a família do estudante não pode passa de 20 salários mínimos mensal, também é obrigatório ter feito o exame nacional do ensino médio (ENEM).

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), é mais uma opção para quem não conseguiu o ProUni. Este programa foi criado no ano de 2011, que tem como propósito ampliar a oportunidade de cursos de educação profissional e tecnológica, através de programas, projetos e ações de assistência técnica e financeira.

Este programa abrange todos, não é necessário ter terminado o ensino fundamental dependendo do curso. Todos os cursos são totalmente gratuitos, o Pronatec é totalmente custeado pelo governo federal.

Os estudantes Pronatec ainda tem o benefício de acesso gratuito ao curso Senai, ainda tem direito a lanches, vale-transporte, e material durante o curso.

Tipos de Bolsas de Estudos Disponibilizadas em Universidades Particulares

A busca por vagas em Faculdades Particulares aumenta a cada ano que passa, com isso cresce também o número de estudantes que vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio. Na inscrição Prouni 2019 os participantes do Enem podem encontrar dois tipos de Bolsas de Estudo, além da bolsa remanescente.

Confira logo abaixo:

  • Bolsa Integral – Este tipo de bolsa é oferecido para os estudantes que têm renda mensal familiar bruta de até um salário mínimo por pessoa. Ela cobre o valor total de todas as mensalidades da Universidade Privada que o beneficiado está estudando.
  • Bolsa parcial – Esta é concedida para os participantes do Enem que possuem renda bruta familiar mensal, por pessoa, de até três salários mínimos. Ela cobre 50% dos valores das mensalidades da instituição privada.
  • Vagas Remanescentes – Porém existem também as bolsas remanescentes, estas são as que não foram ocupadas por nenhum participante no decorrer do processo de chamada regular do Prouni. Porém para ter acesso à esta bolsa, os estudantes têm que atender alguns requisitos exigidos no site do programa.

Como se inscrever no Prouni

Depois de conferir todos os requisitos exigidos pela inscrição Prouni, o candidato que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverá iniciar o processo de cadastramento no programa. E se você não sabe como realizar o processo, acompanhe as dicas abaixo para não ficar com nenhuma dúvida sobre a Prouni 2019 inscrição.

O resultado Prouni 2019 costuma ser divulgado rapidamente, para isso basta acessar o site e conferir!

O estudante deve entender, primeiramente, que o processo de inscrição é feito exclusivamente pela Interntet no site do programa. E ao acessar a plataforma o participante pode selecionar se deseja concorrer à bolsa de estudos pelo processo normal ou por vagas remanescentes.

Veja abaixo:

  • Passo 01: Acesse o site do Prouni – siteprouni.mec.gov.br;
  • Passo 02: informe se é a primeira vez que você está participando ou já foi cadastrado;
  • Passo 03: Realize o login ou cadastro, caso seja necessário;
  • Passo 04: Após isto, o estudante poderá selecionar qual o tipo de bolsa que deseja concorrer e a universidade que almeja fazer um curso ou se já é cadastrado em alguma instituição de ensino.

Vale lembrar que os dados informados no momento da inscrição Prouni podem ser modificados e a opção de curso e Universidade que foi selecionada podem ser trocadas. As últimas informações constadas serão validadas até o dia da seleção.

Conclusão

Conseguir uma bolsa de estudos em uma Universidade de ensino superior é essencial para a vida de estudantes que terminaram de concluir o ensino médio, e com o Programa Universidade para Todos isto ficou muito mais fácil. Não deixe de estar participando do Exame Nacional do Ensino Médio e realize a sua inscrição 2019 Prouni para concorrer à ótimas oportunidades de bolsas integrais e parciais em Faculdades particulares brasileiras.

Eai, ficou com alguma dúvida a respeito do assunto? Se sim, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos estar ajudando a resolver o seu problema. Não deixe também de compartilhar este artigo com um amigo, pois ele também pode estar com a mesma dúvida sobre como realizar a inscrição Prouni 2019.

Como Utilizar os Serviços Online do DETRAN SP

Os estados brasileiros passaram a disponibilizar serviços online para todos poderem acessar sem precisar sair de casa para tal. Um dos mais procurados é a 2 Via Licenciamento, onde podemos encontrar em sites diferentes, dependendo do estado em que a pessoa reside. Por isso fique atento a essa nova consulta pela internet, e saiba como você pode estar realizando a mesma. Pegamos como exemplo o estado de São Paulo, mas tem outros estados que já oferecem a consulta a esse documento pela internet também.

Emissão 2 Via Licenciamento

Para consultar 2 Via Licenciamento SP você vai precisar de alguns dados, no caso os seguintes:

  • Número do RENAVAM
  • Número do CPF ou CNPJ

Veja no site da Secretaria da Fazenda de São Paulo como você pode estar emitindo esse documento: www.fazenda.sp.gov.br. Para os demais estados você também precisa informar os dados para que o documento seja gerado. Outro exemplo seria a segunda via licenciamento de Goiás, veja no site como emitir:

Você pode notar que para ter acesso a esse documento você precisa entrar no site especifico da região em que você mora, e assim informar os dados pedidos para que você consiga consultar o mesmo. A emissão 2 via licenciamento não tem nenhum custo a mais para você. Agora que você já sabe quando funciona toda vez que você precisa da guia desse documento você emite no site do Detran do seu estado, como também no site da Secretaria da Fazenda, procure saber onde o documento está disponível. Com a internet ficou bem mais fácil resolvermos os nossos problemas, não é mesmo?

Curso de Digitação Online

Precisando fazer um Curso de digitação, mas está sem tempo para ir a um curso presencial, nem dinheiro para pagar? Leia esse artigo até o final e saiba como aprender digitação gratuitamente. Aprender como digitar bem e corretamente com velocidade, a longo prazo, irá melhorar a produtividade e a qualidade do trabalho que você estará produzindo para você mesmo ou no seu trabalho.

Seja para você escrever e-mail, textos, navegar na internet, ter habilidade em digitar rapidamente é fundamental para alcançar seus objetivos profissionais e pessoais na hora que concorrer a uma vaga de emprego por exemplo.

CURSO DE DIGITAÇÃO GRATUITO ONLINE

Com o crescimento cada vez mais veloz da tecnologia, saber digitar com muita agilidade é quase obrigatório para qualquer pessoa que queira se dar bem nesse mundo informatizado. Para se tornar um digitador profissional que domine a arte de digitar, você precisa se qualificar, treinar, praticar muito.

Digitação nada mais é que uma habilidade importantíssima, principalmente, já que todo trabalho exige muitas habilidades para digitar bem e corretamente.

Infelizmente nem todas as pessoas conseguem participar de um curso gratuito e online, mas o programa Educa Mais Brasil foi criado para auxiliar as pessoas que precisam de um auxilio financeiro para realizar um curso, os cursos oferecidos são desde o ensino básico a pós-graduação.

Outra vantagem é o Educa Mais EAD, ou seja, além de fornecer bolsas de estudos de até 70%, é possível estudar a distância, do lugar que você preferir, sendo assim, mais fácil de você estudar.

DICAS PARA MELHORAR A DIGITAÇÃO

Para quem tem dificuldade em lidar com o teclado ou já domina bem, mas deseja aprimorar as técnicas, confira 4 dicas. Primeiro conheça bem o seu teclado, pelo menos as posições básicas das teclas, isso já lhe ajudará muito. Procure digitar sem olhar para o teclado, mesmo que pareça difícil não desista até você memorizar a posição das teclas no teclado.

Mantenha uma postura correta durante a digitação assim você se concentrará melhor na velocidade e precisão da digitação. Procure sempre usar as duas mãos para digitar, isso vai lhe proporcionar mais velocidade durante a digitação.

QUALIFIQUE-SE

A Prime Cursos está oferecendo um curso de digitação gratuito direcionado para qualquer pessoa que está em busca de qualificação profissional. Trata­-se de um curso livre, onde o aluno irá aprender as funções de todas as teclas do teclado, exercícios básicos e avançados.

O curso tem duração de 35 horas aula e ainda oferece certificado de conclusão que você poderá usá-lo para qualificar seu currículo. Lembrando que para a emissão do certificado, a Prime Cursos cobra uma taxa por este serviço.