Nota Literária 26#

Ricardo Ragazzo assina contrato com a editora Planeta
Após publicar seus dois primeiros romances pela editora Novo Século, o escritor paulista Ricardo Ragazzo assinou contrato com a editora Planeta. Através de suas redes sociais, o autor dos livros “72 Horas para Morrer” e “A Garota das Cicatrizes de Fogo” prometeu muitas surpresas para o próximo ano. Ragazzo ainda agradeceu seus leitores: “obrigado a todos vocês que torcem por mim e por meus livros”, disse.

Livros de Gisele Souza serão publicados pela editora Charme
Na mesma semana em que anunciou o seu desligamento da editora MODO, responsável pela publicação de seu primeiro livro impresso, a autora Gisele Souza confirmou que agora faz parte do grupo de escritoras da editora Charme. A primeira publicação de Gisele por sua nova editora será o livro “Pecaminoso”, previsto para 2015. A editora Charme publicará ainda os livros “Inspiração” e “Impulso”, dois grandes sucessos da Amazon e que fazem parte da série Inspiração.

Evaldo Cabral de Mello é o sucessor de João Ubaldo Ribeiro na ABL
A Academia Brasileira de Letras (ABL) elegeu na tarde dessa quinta-feira, 23, o sucessor do escritor João Ubaldo Ribeiro, que faleceu no último dia 18 de julho. Em uma eleição com apenas um candidato, Evaldo Cabral de Mello conquistou 36 votos e se tornou o novo membro da cadeira 34. Fundada por João Manuel Pereira da Silva, a cadeira já foi ocupada também por, entre outros, o Barão do Rio Branco e Carlos Castelo Branco.
Evaldo Cabral de Mello nasceu no Recife em 1936 e é considerado por muitos o maior historiador do país. Irmão do poeta João Cabral de Melo Neto (1920-1999), Evaldo é especialista em história regional e escreveu vários estudos sobre o domínio holandês em Pernambuco durante o século XVII. Entre seus principais livros estão “Olinda Restaurada” (1975), “O Negócio do Brasil” (1998) e “Nassau: Governador do Brasil Holandês” (2006).
Além do historiador pernambucano, a ABL elegeu no último dia 10 o poeta Ferreira Gullar para substituir Ivan Junqueira. Na próxima quinta-feira, 30, a instituição com sede no Rio de Janeiro deve realizar a votação para escolher o substituto de Ariano Suassuna.

Autor de “Quase Acaso” lança novo livro pela editora Novo Século
O escritor André Tressoldi, autor dos livros “Quase Acaso” e “Suicídios em Bom Jesus”, lançou recentemente, pelo selo Novos Talentos da Literatura Brasileira, da editora Novo Século, o livro “Lua, Lobos e Cerrado”.
Segundo o autor, seu novo livro tem como grande diferencial a narrativa em primeira pessoa, “as novas perspectivas à lenda do lobisomem e que a história se passa num importante bioma brasileiro, o cerrado”. “Acredito também haver diversos ingredientes que contribuíram para uma história de muita aventura, suspense e romance”, explicou.
“Lua, Lobos e Cerrado”, para André Tressoldi, é um livro para entretenimento, diferente dos seus romances anteriores, em que “retratava questionamentos críticos e denunciadores de uma realidade da sociedade”. O autor vai mais além e define o novo livro como “uma leitura descompromissada com a realidade”.
Já em sua terceira publicação, André não encontra mudanças no mercado editorial e conta que, em visita à Bienal do Livro de São Paulo, percebeu que “as grandes editoras e muitos leitores voltam sua atenção a escritores estrangeiros” e que essa concorrência é desleal. Entre alternativas para se mudar essa realidade, o autor acredita ser “preciso se criar uma lei de incentivo à produção, venda e divulgação da literatura nacional, para que muitos escritores com bom potencial possam crescer e aparecer”.
O novo livro de André Tressoldi está disponível nas principais livrarias do país.
DO MESMO AUTOR DO ROMANCE QUASE ACASO
Josber é encarregado de auxiliar um grupo de estudiosos pelos diversificados caminhos do ambiente mato-grossense. No entanto, algo que parecia ser uma lenda regional começa a interferir nos dias, ou melhor, nas noites dos pesquisadores, tornando a previsível pesquisa em uma inesperada aventura.
Confrontados com essa nova realidade, terão de enfrentar várias criaturas, e a mais presente delas: os lobisomens.
Mesmo em meio ao desespero, surge a paixão entre Josber e Tiacha, uma fabulosa guardiã, que se revelará como uma questão a mais no conflito entre o humano e o sobrenatural, selando o destino de todos.

Resenha 285# - Puro Êxtase

Puro Êxtase, Josy Stoque: Amazon, 2014, 270 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Após o fim de seu casamento, a única coisa que Sara Mello precisa é recomeçar a sua vida, recuperando as chances de realizar seus sonhos e seguindo os passos de sua carreira como advogada. Mas Sara não é uma mulher qualquer. Ela atrai a atenção de todos os homens e possui seus próprios desejos carnais, além de fantasias que até então desconhecia. Ao encontrar no sexo uma forma de libertação, ela também encontra o amor próprio, o que é necessário para fazer tudo o que bem entende.

“Chego ao primeiro orgasmo depressa, estimulada pela adrenalina e pelo proibido, e o ouço evoluir atrás de mim, seguindo-me. O segundo vem colado ao primeiro, em uma intensidade delirante. Perco o ar, mas ele não para. Movo meu quadril contra o dele fora de mim, prolongando a sensação orgástica e deixando o próximo extravasar em um gemido rouco e baixo, que me tira de vez desta existência.
Sinto-me como uma rainha. Xeque-mate!”.

Lançamentos de Livros 288# - A Herdeira das Sombras e outros

A editora Arqueiro lança no Brasil, no mês de outubro, uma das mais aguardadas ficções científicas do ano. É o livro Perdido em Marte, do escritor Andy Weir, que promete se aproveitar não apenas do lado ficcional de sua obra, como também explorar todo o lado científico do enredo que será adaptado aos cinemas pelo diretor Ridley Scott.

O romance de época Ligeiramente Casados, de Mary Balogh, outro aguardado lançamento, chega às livrarias após o sucesso de todos os romances de época já lançados pela Arqueiro. Vale ressaltar que o gênero se tornou uma das principais apostas da editora.

Título: A Herdeira das Sombras
ISBN: 978-85-67296-18-0
Autor: Anne Bishop
Páginas: 480
Sinopse:
Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências.
Três homens estão dispostos a dar a vida por Jaenelle. Mas há quem esteja disposto a tudo para controlar ou destruir a Rainha. Conseguirá ela cumprir o seu destino como detentora do maior poder que o mundo jamais conheceu?

Resenha 284# - Sufoco

Sufoco, Ricardo Bellissimo, 1ª edição, São Paulo-SP:
Via Lettera, 2008, 384 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Ademir é o líder de um esquema de tráfico de drogas que se aproveita de uma rede de pizzaria para lucrar e enfrentar as dificuldades de uma periferia da capital paulista. O que realmente interessa para Ademir, no entanto, é uma loira que conheceu em uma boate de um bairro nobre da capital. Ele está perdidamente apaixonado por ela.

Essa paixão de Ademir causa o ciúme doentio de sua namorada Gláucia, uma operadora de telemarketing que diz estar grávida do jovem rapaz. Ela está disposta a tudo para tê-lo ao seu lado, principalmente porque acredita que Ademir é o único capaz de tirá-la da periferia. Sabendo disso, Gláucia faz uma aposta com sua amiga e vizinha Helô, que também é uma mulher ambiciosa e não vai poupar esforços para sair desse lugar miserável. Quem será a primeira a enriquecer?

“Sentiu nojo de si, nojo daquela alergia que não passava. Assustada com a cor da água, Gláucia finalmente saiu do banho, com a nítida sensação de que estava mais suja de que quando entrara. Mas não era a sujeira provocada pela falta de saneamento do bairro. Nada disso. Sentia-se suja apenas por causa da traição. Suja pelo seu abandono” (pág. 140).

Anunciados os vencedores do mais importante prêmio literário do Brasil

Foto: Reprodução/CBL
A Câmara Brasileira do Livro (CBL), responsável pela entrega do mais importante prêmio da literatura brasileira, anunciou na tarde dessa quinta-feira, 16, os vencedores da 56ª edição do Prêmio Jabuti. Autores já condecorados com o prêmio em outras oportunidades se destacaram na edição de 2014, que teve a curadoria da escritora Marisa Lajolo.

Ao todo, o Prêmio Jabuti 2014 recebeu 2240 inscrições de obras publicadas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2013, que concorreram em 27 categorias. A categoria de destaque na atual edição foi a de Tradução de Obra Literária Inglês-Português, uma parceria com o British Council.

O grande destaque da atual edição foi o escritor Rubem Fonseca, ganhador do Prêmio Camões em 2003 e que já faturou o Jabuti em 1970, 1984, 1993, 1996 e 2003. O escritor, de 89 anos, conquistou o prêmio na categoria Contos e Crônicas com o livro “Amálgama”, publicado pela editora Nova Fronteira.

Na categoria Biografia, o jornalista cearense Lira Neto foi reconhecido por seu trabalho no livro “Getúlio – Do Governo Provisório à Ditadura do Estado Novo (1930-1945)”, segundo volume de uma trilogia que conta a história de Getúlio Vargas, político que governou o Brasil de 1930 a 1945 e de 1951 a 1954. No último ano, o primeiro volume da trilogia, publicada pela Cia. das Letras, ficou em 3º lugar da mesma categoria.

O também jornalista Laurentino Gomes conquistou novamente o Jabuti, na categoria Reportagem, com o livro “1889”, o último da trilogia. Anteriormente o jornalista foi condecorado com os livros “1808” e “1822”. Através de sua página em uma rede social, Laurentino expressou sua “gratidão a todos os leitores e leitoras e, em especial, à equipe da Globo Livros pelo excelente trabalho de edição”.

Assim como em edições anteriores, uma polêmica marcou o 56º Prêmio Jabuti. Dessa vez, um dos jurados não deu uma nota a alguns dos finalistas nas categorias Capa e Artes e Fotografia, o que poderia comprometer o resultado final. No fim, a curadoria do prêmio optou por dar nota oito, nota mínima da atual edição.

A cerimônia de premiação do Jabuti 2014 acontecerá no próximo dia 18 de novembro, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, quando também serão conhecidos o Melhor Livro de Ficção e Não-Ficção do ano. O vencedor em cada categoria receberá R$3.500.

Lançamentos de Livros 287# - O Homem Perfeito e outros

Antes de lançar o seu primeiro livro pela editora Novo Conceito, através do selo Novas Páginas, a escritora Vanessa Bosso conquistou muito sucesso através de livros publicados pela Amazon. O reconhecimento por parte dos leitores tornou a autora uma referência na publicação digital e isso apenas abriu caminho para o lançamento de O Homem Perfeito, que anteriormente havia sido publicado apenas em e-Book.

Através de seu selo principal, a editora lança o aguardado Para Onde Ela Foi, continuação do mais recente sucesso do mercado editorial brasileiro, Se Eu Ficar. Em e-Book, o lançamento é Uma Noite Perfeita, volume 8.5 da série escrita por Bella Andre e que dá continuidade as histórias da família Sullivan, agora se focando nos primos dos protagonistas dos livros anteriores.

Título: O Homem Perfeito
ISBN: 9788581635736
Autor: Vanessa Bosso
Páginas: 224
Sinopse:
Melina teve alguns relacionamentos ruins, outros péssimos...
Mesmo assim, ela não desiste: um dia ainda vai encontrar alguém que a complete e que entenda algumas manias fofas que ela tem como comprar mais sapatos do que pode guardar ou tomar uma multa ou outra por excesso de velocidade. Ela faz a sua parte escrevendo um pedido ao universo, no qual descreve esse ser incrível nos mínimos detalhes. Agora é só esperar, certo?
Melina não imagina, porém, que esse presente dos céus já existe, mas foi parar nos braços de uma mulher in-su-por-tá-vel.
O que fazer quando o destino insiste em brincar com a sua paciência?

Resenha 283# - Twittando o Amor

Twittando o Amor, Teresa Medeiros, tradução de Denise Tavares Gonçalves, Ribeirão Preto-SP:
Novo Conceito, 2014, 202 páginas.
Skoob: Clique Aqui.

Quando Abigail Donovan publicou o seu primeiro livro, o sucesso foi muito grande, a ponto de ela ser elogiada no programa da Oprah e quase conquistar o Prêmio Pulitzer. Mas agora ela tem um prazo para entregar seu novo manuscrito e não consegue escrever nenhuma linha. Caso isso não aconteça a tempo, os seus dias de luxo estão próximos do fim.

Para tentar se livrar do bloqueio criativo, Abby acaba aceitando a sugestão de entrar para o Twitter, sem imaginar que a rede social seria capaz de transformar a sua vida. Ainda nos primeiros tweets, Abby conhece Mark Baynard, um misterioso professor que passa a fazer companhia, mas sem demonstrar em nenhum momento que na verdade guarda um grande segredo.

“Ela olhou para o calendário em sua mesa. Ainda era segunda-feira. Tinha quatro dias para decidir se iria ou não aparecer no horário combinado ou trocaria sua ciberpaquera por um homem real, que pudesse oferecer a ela mais que somente palavras em uma tela.
Abby tinha quatro dias para esquecer Mark Baynard” (pág. 58).